domingo, 29 de abril de 2012

Impressões femininas sobre Os Vingadores

Lá estou eu, ansiosa para uma sessão especial de Os Vingadores. Afinal, foram anos de espera para um dos filmes mais cercados de rumor de todo os tempos. E para dizer a verdade, espero por ele desde uma cena que rola após os créditos finais de O Incrível Hulk (é, aquele com o Edward Norton). Aliás, comento sobre isto neste post de 2009 - OK, não pudemos ver Norton e Robert Downey Jr. num mesmo filme, mas os personagens finalmente se (re)encontraram na telona!
Embora estivesse um pouco receosa, pois o único filme solo de um herói do grupo de que realmente gosto é o primeiro Homem de Ferro, estava com bastante otimismo, pois alguns colegas do Cine Splendor já haviam visto e falado bem sobre a empreitada. 

Mua-ha-ha
Fangirl do Loki
Enquanto muitos nerds estavam ansiosos pelo encontro entre todos os Vingadores, eu queria mesmo era ver o... Loki. Não é segredo que o personagem foi o que mais gostei em Thor (leia Impressões femininas sobre Thor). E de quebra, ainda encontrei outro ator para tietar: Tom Hiddleston. Mas não pense que Hiddles é apenas um rosto bonito: um ator menos talentoso poderia tornar o vilão Loki um canastrão, e não um "duas caras" travesso, maldoso e egoísta. O ótimo roteiro ajuda a compreender o irmão adotivo de Thor (uma das melhores piadas do longa faz menção a isso), que não é apenas um cara mau querendo dominar a Terra: tem muito mais sobre sua personalidade do que podemos supor.


Levantador de ferro
Os braços de Jeremy Renner
Apesar de ter certeza de que Jeremy Renner teria o menor papel dentre os Vingadores, estava ansiosa para ver como seria o aproveitamento do ator. Na pele de Clint Barton/Gavião Arqueiro (ou Hawkeye), o norte-americano impressiona com seus brações. Pudera: seu personagem, como o pseudônimo em português sugere, é um arqueiro. E Tony Stark (Robert Downey Jr.) não poderia deixar passar outra boa piada em referência ao segundo atirador de flechas mais famoso do mundo (depois de Robin Hood): Legolas. Mas o melhor de Renner é que ele não é um ator limitado como Chris Hemsworth (Thor) e Chris Evans (Capitão América) - este ainda é melhor do que o primeiro: Basta assistir Guerra Ao Terror, Atração Perigosa e Missão: Impossível 4 para entender.


Sorria! Você vai ficar verde
Vingador indie
Gosto igualmente de Eric Bana e Edward Norton como Bruce Banner/Hulk e seria ótimo ver qualquer um dos dois como o cientista em Os Vingadores. Mas eis que o igualmente talentoso Mark Ruffalo foi escalado para viver o personagem. E o melhor: com direito a cena sem camisa (aliás, o único ator do filme contemplado com esse tipo de aparição). Ruffalo está adorável como Banner, até ficar verde de raiva e quebrar tudo! 


Fanboy do Black Sabbath
Ganhou playboy
Mas o que seria de Os Vingadores sem Tony Stark/Homem de Ferro? Ou melhor, o que seria do filme sem o supratalentoso Robert Downey Jr.? O personagem é praticamente a válvula para o filme funcionar efetivamente. E ele está ainda melhor aqui do que em seus filmes solo. Capaz de arrancar gargalhadas,  suspiros e murmúrios de "uou!", Stark é o Super Bonder dos heróis, o cínico que o grupo precisa e o piadista que o público adora. Façamos justiça ao Cara!


Hey hey hey, Loki é o nosso Rei!
Repeteco
E já que Loki é o responsável por Nick Fury (Samuel L. Jackson) ter conseguido reunir todos os Vingadores, nunca é demais repetir o Hiddles (que, assim como em Thor, tem uma cena elegantérrima com o pescoço envolto em um cachecol), ainda mais por se tratar de "impressões femininas". E que venha Thor 2!

2 comentários:

Nanda disse...

Olá ^-^

Primeiramente gostaria de dizer que sempre leio seu blog, não tenho o habito de comentar pois em geral leio muito rapidamente em função da vida corrida que levamos, mas neste caso precisava comentar.
Adoro imensamente a forma como você descreve suas impressões e de como elas quase sempre batem com as minhas.
Concordo com absolutamente tudo aqui narrado por você.
Em especial no que toca ao Loki e ao Iron Man.
Eu realmente adorei as piadas acidas do Tony Stark, da toda uma dimensão humorística ao filme que em tese é de ação até os "ossos"
Tenho um imenso respeito pelo Tom Hiddleston, acho que ele vestiu bem a carapuça e o peso de ser alguém como Loki, e de fato me fascinou.
Confesso que apesar de esperar uma participação mais reduzida do gavião arqueiro fiquei meio desapontada ao ver o minimo destaque que deram a ele, nem nos cartazes ele apareceu.
Thor com certeza é um de meus personagens preferidos, adoro o senso de honra e família que ele possui.
No mais adorei suas impressões femininas e adoro seu blog de coração.

Garota no hall disse...

Nossa Nanda... E, de coração, adorei seu comentário! Fico surpresa em saber que consigo dividir com leitores algumas opiniões pessoais - porque blog é um lugar justamente para extravasar impressões, confissões e desabafos.

Agora, uma pergunta: você estuda Direito com a Patty? É que li seu perfil e pensei que talvez a conhecesse.